Conheça a Verdade por trás dos Óleos Vegetais


O que chamamos de óleo vegetal, na realidade não tem nada de vegetal.

Muitos ainda acreditam que eles são a melhor opção na hora de cozinhar, o que não é verdade.

Estes óleos são nomeados como vegetais pela indústria para que a população associe eles com um produto saudável. Porém, o processamento destes óleos envolve o uso de diversos químicos e solventes altamente tóxicos que fazem mal a saúde.

Os consumos destes óleos podem causar:

Doença cardíaca.
Obesidade.
Câncer.
Entre outros inúmeros malefícios.
   
Óleos vegetais que não devem ser consumidos de forma alguma:

Óleo De Canola
Óleo De Milho
Óleo De Soja
Óleo vegetal
Óleo De Amendoim
Óleo De Girassol
Óleo De Cártamo
Óleo De Semente De Uva
Cuidado com o Azeite de Oliva, pois ele só possui benefícios ao ser consumido frio
Margarina

Ao ler estas informações deve estar passando na sua cabeça qual é a melhor opção para você cozinhar no seu dia a dia.

Existem três opções: banha de porco, manteiga e óleo de coco.
Mantenha em mente que deve consumir a gordura animal (com exceção do óleo de coco), a vegetal é prejudicial. Desta forma fica mais fácil para você lembrar.

Se quiser, você mesmo pode produzir a banha de porco na sua casa. A boa notícia é que ele pode ser reutilizado, ao contrário dos óleos vegetais que possuem gordura trans que é um anti nutriente.
Para isso basta comprar toucinho, fritá-lo e reservar em um recipiente de vidro toda a gordura que soltou dele.

É difícil evitar os óleos vegetais quando se tem o costume de comer fora, mas se você puder se conscientizar para mudar o seu hábito e de toda a sua família dentro de casa já terá um grande ganho na saúde de todos.


Mude seus hábitos, conscientize-se!
thumbnail
Sobre Urandir

Urandir-Pesquisador de fisica quantica,antropoloogia e arqueologia. Presidente e fundador da Associação Dakila Pesquisas, entidade engajada em pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias focadas na parceria com o povo.

0 Comentarios